O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Apocalipse 3.14-22 - E Cearei Com Ele E Ele Comigo (06/12/1998)


Texto: Apocalipse 3.14-22.
Tema: E Cearei Com Ele E Ele Ceará Comigo.

----------------------------------------------

Introdução:
As cartas do Apocalipse são mensagens endereçadas aos crentes em 1º lugar, somente depois aos incrédulos.
Durante muito tempo, os versos 19 e 20 foram usados evangelisticamente como uma fórmula necessária para a conversão como um abrir a porta do coração para a entrada de Cristo que estava batendo de fora. Muitos de nós aqui dirão um dia que deixarão de lado as ovelhas que não lhe querem ouvir e se dedicará àquelas que são dóceis ou à evangelização de novas ovelhas.

Contexto:
Mas Laodicéia é uma Igreja. Orgulhosa, arrogante; “em-si-mesmada” em seus dons e talentos. Feliz de sua condição social e contente com o status que adquiriu na sociedade onde vive. Se sua porta for um coração, será um coração de uma igreja cheia de cristãos mornos que precisam se arrepender de seu comodismo e voltar a viver intensamente sua fé para com Cristo. Mas, por que Cristo está à porta de uma igreja e não dentro dela? Porque Cristo é o pastor de sua igreja e ele a busca para onde se desviou.
Cristo é aquele que tem na mão as estrelas (os anjos ou pastores) e anda entre os candeeiros (as igrejas) [1.20]. Uma das oportunidades que Ele nos dá para isso acontece todos os meses no Domingo da ceia. Jesus entrará para cear com ele e ele ceará consigo.

Proposição:
O que devo fazer quando Jesus oferece a sua comunhão a mim na Ceia?

I. É PRECISO MEDIR A TEMPERENTURA DE MINHA FÉ v.15,16:

a)Frio ou quente?
Quando você serve numa igreja, logo aprende que quem está frio ou quente pode ser trabalhado. Mas com o morno é muito difícil conseguir alguma coisa.

b)Morno não pode ser.
A mornidão evidencia o comodismo ou a satisfação com aquilo que já se alcançou. O morno é aquele que responde às suas admoestações dizendo: “_ Aqui em casa todo mundo é bom”, não precisam de mudança. A fé de quem está morno morre aos poucos e ele nem percebe. Deus mesmo assumirá uma posição definitiva quanto a isso. Deus não aceita meio compromisso.

II. É PRECISO MEDIR A CONDIÇÃO DE MINHA ESPIRITUALIDADE v.17,18:

a)Não se deixar levar pelo auto-engano arrogante.
Nós podemos fazer uma avaliação enganosa e favorecedora de nós mesmos.

1. Como a Igreja se vê:
 Rica e abastada.
 Não preciso de nada.

2. Como Deus a vê:
 Infeliz, miserável, pobre, cega e nua.
A opinião de Deus sobre a arrogância da Igreja demonstra seu auto-engano. Não apenas crentes individuais que cometem esse pecado; igrejas inteiras podem nutrir de si mesmas uma visão tão míope e enganosa que será difícil ver a graça de Deus nelas!
As cartas do Apocalipse nos revelam o que Cristo pensa da Sua Igreja. A verdadeira espiritualidade não está na piedade que construímos diante dos nossos olhos e dos da Igreja, mas diante dos olhos de Deus, porque toda a nossa vida é vivida na presença de Deus.
No caso de Laodicéia fica evidente que quem se acostuma com o que tem (ou acha que tem), passa a perder o que construiu.

b)A Palavra alimenta a verdadeira Espiritualidade.
1. Ela é conselho do Senhor - “Aconselho-te”. A palavra de Cristo não é aqui impositiva, mas exortativa. A palavra que santifica é recebida como exortação, estímulo e incentivo.
2. Ela vem direto Dele - “De mim compres”.
3. Ela é valiosa - “ouro”. Riqueza.
4. Ela purifica (santifica) - “vestes brancas”.
5. Ela abre os nossos olhos - “colírio”. Abre os nossos olhos para ver as bênçãos de Deus.

III. É PRECISO ACEITAR A DISCIPLINA AMOROSA DE DEUS PELO ARREPENDIMENTO v.19:

a)O amor de Deus se manifesta também na disciplina e na repreensão.
Deus disciplina e corrige a quem ama. É interessante observar em I Co 11.32 – “disciplinados para não sermos julgados com o mundo”. A disciplina do pai mostra o seu cuidado pelo desenvolvimento do caráter correto do filho. A falta de disciplina evidencia a falta de amor verdadeiro.
O alvo da repreensão e da disciplina é o arrependimento, o retorno para o comportamento correto.

b)O arrependimento evidencia nosso zelo.
O zelo confirma a obediência à disciplina e a veracidade da confissão de arrependimento.

IV. É PRECISO OUVIR ATENTAMENTE À VOZ DE CRISTO QUE ME CHAMA À PORTA DA IGREJA v.20.

a)Ele chama à porta da Igreja.
Ilustração: Erlo Stengen orava por um reavivamento entre os zulus, na África do Sul, não entendia porque eles ouviam o evangelho, mas continuavam fazendo as mesmas coisas erradas de sempre. Então, um dia, numa reunião de oração, percebeu ao fechar uma janela, que tinha vergonha de ser visto entre eles por umas pessoas que jogavam tênis numa quadra vizinha; um branco no meio de negros. Ele testemunha ter ouvido uma voz que dizia; “_ Se você fechar a janela, eu fico do lado de fora”. (Reavivamento na África do Sul, Ed. Puritanos)

b)Seu chamado nos conduz a abrir a porta. Obediência.
Eu fico me perguntando diante de meus comentários de apocalipse em casa: Será que a mornidão da igreja de laodicéia faz dela uma incrédula? Será que o anjo da igreja, não é anjo afinal? Ou será que estamos diante de um texto que convida o crente a retornar novamente ao seu primeiro amor, ao primeiro compromisso.

c)A Ceia é Celebração de sua entrada (de Sua presença real).
Por que ceamos?
 Para relembrar o dogma? Sim!
 Para demonstrar nossa obediência a Cristo? Claro que sim; muito mais!
 Para celebrarmos a entrada vitoriosa de nosso redentor em nossas vidas! Isso também! Com toda a segurança da fé!!!
Ceamos hoje porque Cristo habita em nós, em nossos corações, por meio do seu Espírito; e nós todos fomos chamados a entrar em Sua comunhão (I Co 1.9).
Na Ceia celebramos a sua entrada. Anunciamos a morte de Cristo até que Ele venha definitivamente em glória e poder, trazendo consigo os novos céus e a nova terra, como nos prometeu.

Conclusão:

Quem atende ao chamado toma pose da promessa (v. 21,22).
1. A vitória advém da perseverança.

2. Quem vencer poderá assentar-se no seu trono com Ele no Seu trono.
Ele venceu, nós venceremos se permanecermos fiéis.

3. Quem tem ouvidos, para ouvir, OUÇA!!!
É hora de responder ao seu chamado e abrir mais uma vez a porta.
 Aqueles que freqüentam a igreja há muito tempo, mas que não se tornam membros. Cristo está à sua porta te chamando para entrar!
 Aqueles que foram disciplinados e não pedem o retorno à comunhão. Cristo está à sua porta te chamando para entrar!
 Aqueles que foram crentes vibrantes no trabalho, mas agora estão desanimados. Cristo está à sua porta te chamando para entrar!
 Aqueles que nutriam um conceito de espiritualidade crescente, mas agora acreditam que o atual já está bom. Cristo está à sua porta te chamando para entrar!
 Aqueles que querem fazer da ceia, sempre uma celebração viva de sua fé em Cristo. Cristo está à sua porta te chamando para entrar!
 Aqueles que estão chegando agora, Cristo está à sua porta te chamando para entrar, para nutrir consigo desde já uma fé vibrante e uma comunhão profunda e íntima.
Amém!

Um comentário:

Anônimo disse...

muito bom, gostei da mensagen

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...