O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Memórias de 2009


Memórias de 2009.

Após o recesso de dezembro/2008 e janeiro o ano de 2009 foi iniciado com um almoço de confraternização do Grupo do Jardim Goiás no dia 07/02/2009. No primeiro semestre o grupo estudou o livro de Eclesiastes reunindo-se sempre às quartas-feiras nas casas dos irmãos, revezando a cada 15 dias. Nesse semestre passaram a freqüentar o grupo: João Carlos e Ieda; André e Eveline, Reuel e Cristina, Maurício e Silvana; Guilherme Maranhão e Bianca; João Donizetti e Andréia; Telmo e Marly.

Na foto tirada na reunião ocorrida na casa de Maurício e  Silvana em 19/08/2009, todos alistados acima estão presentes, além de Carlos e Helenise, Joaquim Guilherme, Eneida e D. Melquíades; Salomão Jr e Luciana, Pr. Hélio e Ednéia; Cleuber e Ana Lígia. Os irmãos Milton e Wilma, Wolfe e Rose, Edgard e Salete, Milzete, Salomão e Elinita, embora não estivessem presentes a essa reunião já freqüentavam o grupo assiduamente. Já nesse período a freqüência aos estudos bíblicos havia alcançado a presença de 40 a 50 pessoas por reunião em média, dificultando a hospedagem nas casas dos irmãos.

No segundo semestre o Grupo passou a estudar o livro de 1 Tessalonissences. Foi numa reunião na casa de João Carlos e Ieda, provavelmente acontecida no dia 24 de junho, que a nossa irmã Eneida me perguntou se havia intenção do Conselho da PIPG de transformar o Grupo de Estudos do Jd. Goiás em uma nova igreja; ao responder-lhe que sim, ela me disse na presença de todos que eu poderia dizer ao Conselho que os irmãos aceitavam o desafio. Levei o assunto ao Rev. Jôer que marcou uma visita ao grupo para o dia 23/09/2009. Essa reunião aconteceu no salão de festas do Edifício onde moravam os irmãos João Donizetti e Andréia. O registro ficou assim na minha agenda: “20h – E.B. Jd. Goiás – Casa João Donizetti e Andréia. Salão de Festas – Ed. Portal do Sol, S. Bela Vista. Reunião com Rev. Jôer p/ discussão da mudança de status do Grupo para Congregação. Houve apoio por parte da maioria. Havia 37 pessoas na reunião. Houve oportunidade para perguntas e esclarecimentos.” Na reunião do Conselho seguinte, o Grupo passou a ser denominado de Congregação Jardim Goiás e aprovou a busca de um local para as reuniões regulares da nova congregação. A partir de novembro de 2009, Joaquim Guilherme e eu passamos a procurar um local de aluguel para hospedar nossas reuniões. Encerramos o ano com uma reunião em nossa casa no dia 16/12, quando estudamos juntos o Salmo 133; com direito a amigo secreto e tudo!

Com amor, Pr. Helio.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Memórias - 3º Aniversário de Organização da I.P. Jardim Goiás


Helio O. Silva = 04/09/2015  - Memórias

As primeiras conversas a respeito da plantação de uma igreja presbiteriana no Jardim Goiás surgiram por volta do segundo semestre de 2007 nas reuniões de planejamento pastoral da equipe de pastores da Primeira Igreja de Goiânia, por iniciativa do Rev. Jôer Correa Batista, então pastor efetivo da Primeira Igreja. Ele apontava para a necessidade e a oportunidade de se abrir um grupo de estudos bíblicos às quartas-feiras na região que pudesse com o tempo ser organizado em uma nova igreja. Na época, ele apresentou uma breve lista de umas dezessete famílias da igreja que moravam na região e que poderiam ser convidadas para formar esse grupo de estudos bíblicos. Nessa ocasião, eu já fazia parte da equipe pastoral, servindo na C. P. Balneário Meia Ponte desde 2002.

Em Janeiro de 2008, o Conselho da PIPG me trouxe da Congregação para a sede e a equipe pastoral decidiu em meados de fevereiro que um novo grupo de estudos seria aberto no Jardim Goiás. Coube a mim a tarefa de conduzir esse grupo. A estratégia adotada era a de que, a princípio, não se falaria em organização de uma igreja. Nosso temor era que talvez alguns não quisessem fazer parte do grupo exatamente por esse motivo.

O Rev. Jôer fez contato com as famílias e marcou-se uma primeira reunião no apartamento dos irmãos Joaquim Guilherme e Eneida para as 20 horas da noite de 26/03/2008, uma quarta-feira. Compareceram: Joaquim Guilherme, Eneida, Melquíades e Marcos Gunnar (anfitriões da reunião); Milton Rodrigues e Wilma; Sebastião Pinho e Dorinha; Rev. Jôer e Márcia; e o Rev. Hélio. O Rev. Jôer conduziu o estudo bíblico e propôs a formação de mais um grupo de estudos na região, o que foi aceito por todos. A reunião terminou com uma entusiasmada solicitação do irmão Joaquim Guilherme para que Marcos Gunnar tirasse uma foto daquele momento histórico. Naquela noite nasceu a Igreja Presbiteriana Jardim Goiás.

Eu fui designado como o responsável pelo grupo e marcou-se o início das reuniões para o dia 16/04/2008 no mesmo local, quando fiz o primeiro estudo bíblico ministrando sobre o Fruto do Espírito em Gálatas 5.22. Nos meses de Abril e Maio ficamos na casa de Joaquim Guilherme e Eneida.

Nas primeiras semanas, mais irmãos resolveram participar e o grupo decidiu que as reuniões seriam realizadas nos lares dos participantes mudando de lugar a cada 30 dias; e depois de um tempo, decidimos que seria a cada 15 dias. Seguindo esse esquema, conforme registrei em minha agenda, a segunda casa a hospedar o grupo foi a dos irmãos Carlos e Helenise (21/05); Milton e Wilma (18/06). Em Julho o grupo teve um recesso de férias. Uillian e Diná (06/08); Wolfe e Rose (13/08); Uillian e Diná (20/08); Wolfe e Rose (03/09); Pinho e Dorinha (08/10); Joaquim Guilherme e Eneida (22/10); Cleuber e Ana Lígia (05/11); Cleiber e Ilmara (26/11) encerrando o ano de 2008 reunidos na casa de João e Leulair (03/12). Nessas reuniões estudamos juntos uma introdução aos Profetas Menores.

São memórias que guardei e sei que muitos irmãos guardam, ainda vivas, as suas também. Deus nos abençoe com um crescimento saudável e consagrado a ele. Parabéns Igreja! Parabéns irmãos! 
                                                               Com amor, Pr. Hélio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...