O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Isaías 9.1-7: Um Menino Nos Nasceu - Celebre o Natal!



Pastoral: Um Menino Nos Nasceu (Isaías 9.1-7)



          Qual a ideia que temos de Natal? Aquela vendida pela televisão e nas lojas do comércio? Elas falam de presépio e papai Noel. Oferecem presentes e festas. Propalam a fraternidade entre os povos e as pessoas. Falam do espírito natalino e da magia do Natal. Contudo, cada dia mais se afastam do natal de Jesus.


Isso nos leva a pensar sobre qual a importância do Natal de Jesus Cristo segundo é narrado nas primeiras páginas dos Evangelhos de Mateus e Lucas, onde o que se lê não reflete aquela piedade cheia de dó pelo pobrezinho que nasceu em Belém, mas a certeza do cumprimento de uma promessa divina a partir daquela noite.


          Ler o Natal de Jesus nos Evangelhos nos ensina sobre ter um encontro pessoal e histórico, não com uma criança simplesmente, mas com o salvador de nossas vidas. Esse encontro é o centro da mensagem do Natal. Ele não nasceu para ser o “bonitinho” bajulado por reis-magos do oriente, mas para carregar sobre si os nossos pecados, como disse Simeão: “Porque os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste diante de todos os povos” (Lc 2.30,31).


          Primeiro: Jesus nasceu para destruir a aflição (V. 1-3). Ele transforma o desprezo e a obscuridade em glória, revelando a sua luz forte e resplandecente e aumentando a alegria como resultado do perdão dos pecados pessoais. As nações do mundo ainda não aprenderam que o principal ingrediente da alegria não é a liberdade, mas é a paz; porque é da paz que vem a segurança e do abuso da liberdade que nascem as guerras!


Segundo: Jesus nasceu para destruir o pecado (V.4,5). Ele quebrará o seu jugo pesado, a sua vara que maltrata e o seu cetro opressor de escravidão. A morte de Cristo na cruz destronou o pecado e pagou nossa dívida com Deus, libertando-nos de sua opressão. Na justificação dos pecados através da morte de Cristo fomos livres da condenação do pecado; na santificação somos livres do poder do pecado e na glorificação seremos livres definitivamente da presença do pecado.


Terceiro: Jesus nasceu para revelar-nos o caráter de Deus (v.6). Ele é o menino que nasceu da virgem (Is 7.14), aquele que governará assentado no trono de Davi: Jesus Cristo! Ele é o Maravilhoso Conselheiro, o Deus Forte, o Pai da Eternidade e o Príncipe da Paz!


          A mensagem bíblica do Natal nos convida a que vivamos a fé cristã mais consagrada e séria, colocando como foco das nossas comemorações natalinas a boa nova de que a criança prometida que nasceu, nasceu para nos salvar dos pecados. Assim, Alegremo-nos debaixo da sua forte luz!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...