O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Hebreus 10.25 = O Costume de Alguns



O Costume de Alguns (Hebreus 10.25)



O capítulo 10 de Hebreus faz três afirmações categóricas sobre o sacrifício de Cristo na cruz, e depois, baseado nelas, apresenta quatro exortações estimulantes para a prática correta da fé cristã em comunidade. Ele afirma que o sangue de Cristo remove a completamente a condenação do pecado (v.1-10); afirma que o sacrifício de Cristo não precisa ser repetido, pois é único e suficiente (v.11-18) e que o sacrifício de Cristo nos dá pleno acesso a Deus (v.19-39).


Por causa disso podemos e devemos: (1) Aproximarmo-nos de Cristo com ousadia (v.22). (2) Guardarmos firmes a nossa confissão de fé sem vacilar (v.23). (3) Considerarmos uns aos outros para nos estimularmos ao amor e às boas obras (v.24). (4) Não deixarmos de congregarmos (v.25).


O verso 25 afirma que o costume de não congregar é uma atitude reprovável entre os cristãos, pois evidencia a falta de consideração para com os irmãos recomendada no verso anterior. A ênfase das escrituras está na contribuição que cada um pode trazer à comunhão cristã com a sua assídua presença e jamais naquilo que vamos receber na participação. A ausência não diz respeito principalmente ao que vamos perder se não comparecermos, mas no que vamos deixar de oferecer e contribuir com o fortalecimento da fé dos irmãos! Nós congregamos para fortalecer uns aos outros. Como a igreja será fortalecida com a minha ausência?


O costume de não congregar pode ser justificado por inúmeros fatores que têm a ver com a forma como organizamos a nossa vida ou como deixamos que outros a organizem por nós. Estar uma vez por semana na presença de Deus para cultuá-lo não é uma invenção da liderança da igreja para facilitar o controle e a manipulação. É, antes e acima de tudo, um requerimento de Deus para com o seu povo (Levítico 23) que não foi alterado na Nova Aliança, e que a igreja fielmente procurou e continua procurando preservar e obedecer (Atos 2.42-46). Observe atentamente em Levítico 23.1,2 que as festas determinadas por Deus a Israel são fixas, são santas e são de Deus. A primeira delas é a guarda do sábado, caracterizado por descanso solene, santa convocação e presente “em todas as vossas moradas”.


O costume de não congregar é o primeiro passo para o afastamento da comunhão da igreja e finalmente do afastamento de Deus. Acreditem irmãos, Pedro tentou seguir Jesus, “de longe” (Lc 22.54) e o resultado foi negar Jesus por três vezes (Lc 23.61,62). Nossa fé não é virtual, mas real e acontece ao vivo! Onde você está? O que você está fazendo? Você precisa da comunhão da igreja, mas a igreja precisa da sua comunhão também! O que nos fortalece é estarmos juntos, caminharmos juntos e experimentarmos as bênçãos e enfrentarmos os desafios de Deus Juntos!


Não adote em sua vida esse costume de alguns, tome uma decisão importante, seja benção na vida dos outros. Faça-se presente e participe da congregação.


Com amor, Pr. Helio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...