O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

domingo, 3 de abril de 2011

Meu Querido Filho? - Abril de 1998.


MEU QUERIDO FILHO ?

Meu Querido Filho...
Quando você nasceu, eu não te levei à Escola Dominical. Você daria trabalho demais no berçário. Não te apresentei ao batismo, pois achei pesado o compromisso, e talvez você não assumiria a minha fé. Também achava que você era pequeno demais para entender.

Quando você fez dois anos, eu não te levei à Escola Dominical. Você era muito sapeca; às vezes dormia no colo e eu ficava cansado. Como você não entendia, achei melhor te deixar em casa com alguém.

Quando você fez quatro anos, eu não te levei à Escola Dominical. Você ficaria correndo para todos os lados; daria muito trabalho para a professora, e como eu ficaria envergonhado e teria de usar a vara da disciplina, achei melhor te deixar em casa vendo televisão.

Quando você fez seis anos eu não te levei à Escola Dominical. Você tinha a mim como herói e eu me orgulhava de ouvir seus elogios diante das pessoas. Aprender aquelas histórias bíblicas não parecia ser muito útil para a formação do seu caráter. Você era tão engraçadinho e nos divertíamos tanto! Quando você crescesse mais entenderia.

Quando você fez oito anos, eu não te levei à Escola Dominical. Eu trabalhava a semana toda, só tinha o fim de semana para te “curtir”, achei melhor te levar para passeios. Quando você crescesse você entenderia.

Quando você fez dez anos, eu não levei à Escola Dominical. Não te enviei para o Acampamento. Você ficaria longe de mim. Eu te dei brinquedos eletrônicos e livros com gravuras bonitas. Não te dei uma Bíblia, porque embora você soubesse ler, aquelas letras miúdas ia forçar demais a sua visão, e eu detesto óculos.

Quando você fez treze anos, eu pensei que você iria comigo à Escola Dominical, mas você saia com o amigo que conhecera em nossos passeios. Você não me ouvia mais. Você não me obedecia mais. Nem comigo falava mais. Foi quando soube que seus colegas te apresentaram ao álcool e às drogas...
Ah meu querido filho... Por onde anda você agora aos dezoito anos? Aonde foi que eu errei?

(Queridos pais:: Não deixem de trazer seus filhos à Escola Dominical).

-------
Rev. Hélio O. Silva = Abril de 1998 (Revisão ampliada de 03/04/2011).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...