O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Quem Procura Acha - Provérbios 18.22 (20/06/2005)


“O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência do Senhor” (Pv 18.22).
O casamento é a segunda maior bênção na vida de um homem. Segundo Provérbios todo homem precisa achar a sabedoria (8.35); ter uma profissão digna (13.11) e achar uma esposa (18.22).

ACHAR UMA ESPOSA É ACHAR A FELICIDADE. Achar é fruto de uma procura. Muitos têm procurado no lugar errado. Eu devo procurar no meio “daqueles que de coração puro invocam ao Senhor” (II Tm 2.22). Outros tantos têm procurado do jeito errado. Fazem da sensualidade sua ferramenta. Acabam por encontrar filhos, mas não esposas. Ainda outros, não sabem o que estão procurando. Uma mãe substituta? Uma empregada doméstica, um objeto sexual?!
Uma Esposa é uma auxiliadora idônea (Gn 2.18), uma mulher prudente (Pv. 19.14) e virtuosa (Pv. 31.10). O seu valor muito excede o de finas jóias. A esposa é a personificação do bem, ela é “o bem” e não “um bem”. Cada dia que passa mais coisificamos as pessoas. Porque as tratamos como bens e não como “o bem”, fica mais fácil aceitar o divórcio e trocar um bem por outro mais novo, assim como fazemos com uma roupa, sapatos ou um automóvel. Por outro lado, as escrituras nos ensinam a olhar para o cônjuge, não como um investimento, mas como a personificação do bem dentro de casa. Um casamento segundo os preceitos de Deus é a própria essência do bem. É como um jardim onde se planta flores de todas as cores e árvores frutíferas. No devido tempo o jardim florescerá e as árvores darão frutos, bons frutos!

ACHAR UM CASAMENTO FELIZ É ALCANÇAR A BÊNÇÃO DE DEUS. A procura criteriosa é recompensada, pois QUEM PROCURA ACHA. (Lc 11.10). Algo que não será tomado porque os dons de Deus são irrevogáveis (Rm 11.29). O Salmo 127 diz que se Deus não edificar a casa, em vão edifica o casal. Não é o brilho da noite do casamento que faz feliz o casamento, mas a bênção de Deus. Aquela cerimônia não é nada, se comparada a tudo que vem depois. A beleza desse dia poderá se tornar em fonte de profundo amargor se os casais não quiserem ouvir a Palavra de Deus. As fotos rasgadas do casamento são uma triste lembrança na vida de muitos casais.

O que podemos concluir?
Para os casamentos em crise, Hoje pode ser um dia de recomeço porque Deus é misericordioso e quer nos dar a sua bênção. Amor, perdão e gratidão são coisas que só aprendemos com Deus e com a sua família, a igreja. Reconcilie-se com Deus e com o seu cônjuge.

Para os namorados. Vocês têm certeza que estão procurando no lugar certo? Vocês têm certeza de que estão procurando do jeito certo? Vocês têm certeza que estão procurando com seriedade? Brincar de namorar e “ficar” pode ser depois uma fonte de dissabores e tristezas. Andar com Deus quando se anda com o namorado ou com a namorada é o melhor caminho a seguir, pois Deus os levará por um caminho de santidade e compromissos cheios de vitórias. Ouçam a Palavra de Deus para o seu bem e Deus os livrará do mal.

Aos maridos, convém lembrar de que nós devemos amar nossas esposas como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela (Ef 5.25). O marido ao qual a esposa deve submeter-se é o marido que ama, não “o poderoso chefão”. Nós devemos viver a vida comum do lar com discernimento (1 Pe 3.7). Entendendo as necessidades da esposa em todas as áreas: Físicas, financeiras; afetivas e espirituais. Nós devemos ser a felicidade delas e não outra coisa. Isso envolve presença; envolve ajudá-las nas suas tarefas; envolve carinho na vida íntima.

Às esposas. A verdadeira esposa é encontrada, como se faz com uma jóia. O seu valor não está na sua aparência somente, mas principalmente na sua essência. Aquilo que a jóia é! Se Cristo é o seu tesouro escondido no campo, então quem te encontrou ou encontrar será muito feliz!

Com amor, Pr. Hélio.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...