O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

sábado, 29 de janeiro de 2011

O Solilóquio de Sara: Como Poso Ser Mãe? (30/04/2005)


Enquanto Deus conversa com Abraão sobre a promessa de um filho, a mente de Sara viaja e conversa consigo mesma, num solilóquio sombrio e desesperançoso. Parece que ela não tinha entrado no esquema da promessa. Parece que sua ficha ainda não tinha caído com respeito à fidelidade de Deus para com as promessas que faz. Será que não aprendemos como Sara que Nada é Difícil Para Deus?

É PRECISO TOMAR CUIDADO COM O NOSSO ÍNTIMO FRENTE ÀS PROMESSAS DE DEUS. Sara riu de si mesma (v.12) assim como Abraão havia rido de si mesmo algum tempo antes (Gn 17.17). Ela o fez por causa de sua velhice. O maior empecilho para servirmos a Deus não são os outros; somos nós mesmos e nossos pensamentos a respeito de nós mesmos. Dizemos conosco: “Não posso”, “não consigo”, “não tenho mais idade”; e assim zombamos da graça de Deus.

Ela riu de si mesma no seu íntimo e no seu íntimo conversou consigo a respeito do que estava escutando atrás da porta da tenda. A proposta era crer num milagre, ninguém duvida disso. A reação natural seria a reação de Sara. Como pode uma pessoa idosa, com 90 anos de idade, depois de ter passado pela menopausa ter um filho? Bom demais para ser verdade. Lembremo-nos que Sara nunca tinha tido um filho antes. Ismael era filho de Hagar. É no íntimo que cremos, mas também é no íntimo que duvidamos de Deus.

Todos nós sabemos que para Deus não há impossíveis. Essa é apenas a primeira vez que isso é declarado na Bíblia (v.15) mas também não será a última. O solilóquio de Sara é uma conversa consigo, com a sua alma. Nada do que ela disse, tinha dito para ouvidos escutarem. Mas Deus escuta o que dizemos nos recônditos de nossa alma. O que dizemos para a escuridão nas noites de solidão; o que cantamos para o sol ao nascer da manhã. Quando ninguém está olhando e mergulhados nos nossos pensamentos, às vezes, cheios de incredulidade, Deus é a presença que não se vê e que tudo ouve, porque tudo sabe.

Pensamos que se não dizemos em público ninguém poderá nos julgar ou criticar. Mas Deus escuta tudo. Ele sabe como vemos a nós mesmos e como nosso coração mente para nos enganar a respeito de nossos próprios pensamentos e intenções secretas; especialmente a respeito da palavra de Deus. Guarde isso no coração. Deus escuta tudo, ele sabe de tudo!

DAR OUVIDOS À PROMESSA DE DEUS É DAR OUVIDOS À VERDADE QUE NÃO FALHA. Noé vai conduzir uma arca aos 600 anos, depois de gastar cerca de 100 anos para construí-la. Abraão será pai aos 100 anos. Moisés vai conduzir um povo de mais de 5 milhões de pessoas à liberdade, no êxodo, com 80 anos e vai pastoreá-los por mais 40 anos num deserto difícil. Aos 120 anos, quando morreu, seus olhos não tinham escurecido e não tinha perdido o tino. O velho Simeão não morreria sem ver o Messias. Ana foi mãe sendo estéril e Maria foi mãe sendo virgem, por que Sara não poderá ser mãe aos 90 anos de idade?! Tudo aconteceu como Deus prometeu.

“É certo que riste” (v.15). Os fatos da graça de Deus não podem ser interpretados pela mente incrédula, mas somente por Deus mesmo. Deus conhece nossas dúvidas e lida com elas todos os dias. Ele conhece a natureza humana e não aceita que a sua verdade seja torcida em favor da comodidade da mentira, mesmo que escondida no íntimo. Quando Deus quer dispor de nós ele não nos pergunta idade e disposição em fazer. Ele simplesmente anuncia o que vai fazer dando-nos a possibilidade de perseverar em fé. A maternidade sempre é um milagre de Deus. Sara creu na fidelidade da promessa de Deus e foi assim que Ele lhe concedeu o poder para ser mãe (Hb 11.11). Não se perca em solilóquios, creia na promessa de Deus!
Com amor, Pr. Hélio.

Hélio O. Silva = 30/04/2005.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...