O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Heróis Não, Pais.



Hélio O. Silva = 23/12/2010.

Aos nossos pais: Anamirtes de Oliveira Silva e Luiz Silva, pela comemoração de suas Bodas de Ouro (31/12/1960 - 31/12/2010.


Heróis Não, Pais.


Vocês não são nossos heróis, vocês são nossos pais. Dignos de muito mais honra e muito mais admiração. Por causa de tudo que de vocês nos lembramos; por causa de tudo que de vocês guardamos. Tudo somado reflete o que sentimos por vocês: Pai e mãe.
Quem olha para os dois agora não consegue imaginar o que representaram para nós na nossa infância e juventude. Olhos baços; mãos trêmulas, corações frágeis e cansados. Olhos que enxergaram um bom futuro para todos nós e nos ensinaram a alcançá-lo. Mãos que sustentaram pelo trabalho honesto o estudo que nos fez construir nossos próprios caminhos. Corações que suportaram todas as emoções (ruins e boas) por amor a nós e com fé aceitaram o desafio de seguir à nossa frente. Olhos que nos ensinaram a ver a vida. Mãos que nos ensinaram a trabalhar. Corações que nos ensinaram a crer! Em Deus e nas coisas boas.
Vocês não são nossos heróis; são nossos pais. Que nos amaram e ajudaram apesar de todos os nossos defeitos e pecados; Pais que aprendemos a amar e honrar com todos os seus defeitos e pecados. Porque das suas mãos recebemos também a bondade que vem de Deus; o sacrifício que aprendemos com Cristo e o consolo que nos dá o Espírito Santo.
Todos nós nos lembramos de suas lutas para nos dar conforto e educação. Para nos dar lazer e diversão. Para nos ensinar caráter e comunhão. Sabemos que não conseguiram e não acertaram em tudo; Mas testemunhamos que acertaram o bastante para estarmos todos aqui ao lado de vocês agradecidos; e todos juntos.
E nos ajuntamos para agradecer-lhes tudo que nos deram e que repassamos aos nossos filhos e seus netos. Queremos honrá-los publicamente porque foi assim que nos honraram sempre. E queremos aplaudi-los pelo dom que Deus lhes concedeu de permanecerem juntos, apesar de tudo que enfrentaram, por nós e por vocês mesmos. Chegar às bodas de ouro é uma vitória muito grande e digna. Porque muitos outros desistiram pelo caminho, mas vocês ficaram juntos.
É por isso que nos levantamos como família cristã.
Primeiro para agradecer a Deus pela vida de vocês como casal e pela benção de sermos seus filhos.
Segundo para agradecer a vocês que passaram por tantos momentos difíceis, mas ficaram juntos; venceram tempestades; acumularam cicatrizes e rugas pelo caminho, mas estão aqui e estão juntos.
Terceiro, porque momentos como esses que vão se tornando cada vez mais raros nós pudemos ver e vivenciar ao lado de vocês como igreja.
Deus seja louvado; Deus os abençoe ao renovarem seus votos fortalecendo sua união. Amém.

Um comentário:

Onofre Neto disse...

Lembro me bem e guardo vivo na lembranca alguns detalhes que as vezes penso que se perderam no tempo; mas estao vivos dentro de minha alma. Recordo-me com bastante propriedade das bodas de prata; para os meus irmaos talvez se lembraram daquele dia; mas nao como eu. Fiz naquele dia uma grande decizao; vivi naquela decizao e minha alma ainda vive a minha decizao daquele dia; admiro mais meus pais porque eles completaram mais um ciclo em suas vidas; amo-os porque vejo neles um carater que nao se corrompe com as negritudes que o mundo tem oferecido. Embora distante de todos nese dia; trouxe os meus pais e toda minha familia para um lugar mais perto de mim; trouxe com mais calor para dentro de um coracao frio e apagado pelas dores do caminho, como fonte de principios, ousadia e perseveranca.
Dedico estas palavras a eles e todos que puderem saber dessa vitoria de meus pais repartida com toda a familia "SILVA". Meu abraco; meu respeito e meu amor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...