O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Atos 3 = Nem Ouro Nem Prata, Jesus Cristo!

Atos 3
®   Atos 3: Nem Ouro Nem Prata, Jesus Cristo!

Qual é foco de nossa fé? Qual a base de sustentação da vida cotidiana da igreja? A base e o foco é Cristo sempre. Como curar um paralítico sem ter dinheiro? Quanto seria necessário para custear pernas que funcionam?  Pedro deve ter pensado nisso enquanto “fitava” o paralítico pedinte (v.4). A fé cristã não é fé cega e não pode se esquivar dos necessitados e suas necessidades. Mas é um fato que não temos recursos suficientes para socorrer a todos com os quais nos deparamos pelo caminho. A lição do texto é que devemos dar o que temos e sempre colocar o foco no fato de que Cristo é quem suprirá nossas necessidades bem como nos capacitará a socorrer àqueles que precisarem de nós.

Por outro lado, quem pede tem a expectativa de, pelo menos, “receber alguma coisa” (v.5). Muitos vêm às igrejas querendo receber alguma coisa movidos por interesses pessoais e outros por puro desespero mesmo. Muitos vêm procurar recursos materiais para satisfazer suas necessidades, mas Deus nos enviou para oferecer algo melhor, o Evangelho. Nem todos que abraçam o evangelho receberão cura física, mas é fato que muitos a receberam, e ainda outros vão receber. Se atentarmos bem para o caso desse homem coxo, é claro que ele nem pensava na cura, que sua enfermidade era até sua forma de ganhar a vida. Ele queria apenas alguma coisa, alguma esmola!

A igreja sempre oferecerá Cristo (v.6). Pedro se lembrou da experiência da multiplicação dos pães (Jo 6) e de outros milagres de Cristo. Por isso, ofereceu Cristo, o único capaz de dar as duas coisas: Salvação e cura! Quem recebe dele a primeira, terá a cura garantida, ainda que seja somente na ressurreição, mas a terá. Quem recebe só a segunda, a terá só para essa vida! Pois não conhecerá a vida eterna, e sem imperfeições, com Deus. Oferecer a Cristo não é somente orar e pronto, mas significa procurar socorrer, dar auxílio, e contar com a intervenção divina naquilo que não pudermos fazer.

Não é o nosso próprio poder e piedade que nos move, mas Cristo (v.12). O foco é tirado do milagre em si para aquele que o realizou e por que. A própria fé que recebe a cura “vem por meio de Jesus” (v.16). Pedro, consciente de qual é o foco principal da fé cristã, introduz a mensagem do evangelho e convoca a todos ao arrependimento (v.19).

         Muitas igrejas já perderam o foco. Não pregam a Cristo, mas pregam a cura e a si mesmos como os únicos veículos de Deus para uma vida boa na terra. Não pregam o sangue de Cristo, mas o seu próprio sangue numa toalha como o meio de Deus abençoar materialmente os interessados em bênçãos materiais e prosperidade financeira aqui na terra.

         Nem ouro, nem prata, nem nada! Somente Cristo. Ele é o único capaz de curar e salvar. Ele é o único que deve receber todo o crédito. Quando fitarmos as pessoas necessitadas temos de lembrar disso para não oferecer um evangelho mentiroso e cioso pela oportunidade do marketing às custas do próximo. O lucro do evangelho é a salvação que vem pelo arrependimento aos pés da cruz, não a ascensão social e a propaganda dos próprios méritos. Exaltar a igreja é pura vaidade que Deus condena. Oferecer Cristo é tudo que realmente importa.


Com amor, Pr. Helio.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...