O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

04 = 2 Coríntios 2.12 a 3.3 = O Segredo de Uma Vida Vitoriosa







Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia-GO
04 = 2 Coríntios 2.12-3.3 – O Segredo de Uma Vida Vitoriosa.               27/08/2014.

Grupo de Estudo do Centro – Agosto a Dezembro/2014
Liderança: Pr. Hélio O. Silva e Sem. Adair Batista.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Comentários Expositivos Hagnos – 2 Coríntios – Hernandes Dias Lopes, Hagnos, p.53-72.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Introdução:
Paulo foi acusado por alguns coríntios de ser um apóstolo sem credencial. Essa acusação denegria seu caráter, sua apostolicidade e o seu ministério. Três fatos precisam ficar claros:
1º) Paulo era um pregador comprometido com o Evangelho (v.12a).
2º) Deus é quem abre as portas para o evangelho (v.12b).
3º) O pregador está sujeito a grandes angústias no ministério (v.13).
         
       Aqui Paulo abre uma grande seção de digressão para tratar da doutrina da nova aliança e das marcas de uma vida cristã autêntica e vitoriosa segundo o prisma do verdadeiro evangelho. O Pr. Hernandes usa como base o livro de Ray Stedman, "A Dinâmica da Vida Autêntica" (Cresça-SEPAL - 1975).

1.     Otimismo Indestrutível (2.14a).
a) Cristianismo não é estoicismo, pois não se rende resignado diante de um destino implacável nem suporta os sofrimentos heroicamente como se isso fosse inevitável.

b) O Cristianismo não é masoquismo, pois não cultua o sofrimento como se fosse a mais nobres das virtudes humanas, mas glorifica a Deus diante de todos os obstáculos ciente de que tudo está nas suas mãos soberanas.
Josafá (2 Cr 20.1-22), Jó (Jó 1.21) e Paulo e Silas (At 16.19-34) são exemplos claros da confiança e gratidão a Deus diante de momentos muito difíceis para eles.

2.     Sucesso Constante (2.14b).
“Cristo sempre nos conduz no curso de seu triunfo”. Deus é um grande conquistador e nós engrossamos as fileiras do seu glorioso cortejo triunfal.
a) É Deus quem nos conduz em triunfo (v.14b).

b) É por meio de Cristo que somos conduzidos em triunfo (v.14b). Não existe nenhum tipo de triunfo à parte de Cristo.

c) É constante o triunfo que temos em Cristo (v.14b). “Sempre”.

3.     Impacto Inesquecível (2.14c-16).
O perfume de Cristo é manifestado por toda parte por meio de nós!
a) O pregador espalha a fragrância do conhecimento de Deus (v.14c).

b) O pregador é o bom perfume de Cristo (v.15)
®   A identificação do perfume é uma pessoa.
®   O conceito do perfume é que ele é bom.
1º. O bom perfume é precioso.
2º. O bom perfume influencia sem alarde.
3º. O bom perfume atrai as pessoas.
4º. O bom perfume torna o ambiente mais agradável.
®   O efeito do perfume é perceptível nos que são salvos e nos que se perdem. Somos o bom perfume de Cristo tanto para os que são salvos por intermédio da pregação quanto somos o bom perfume para os que rejeitam o evangelho.
c) O pregador é agente de vida ou de morte.

4.     Integridade Irrefutável (2.17).
Os falsos apóstolos pregam um falso evangelho, com um falso comissionamento e com uma falsa motivação.
a) Como não se deve pregar o evangelho (v.17a).
Qual o sentido de mercadejar?
®   Lugar com um negócio.
®   Misturar a fim de enganar (Is 1.22).
®   Adulterar.

b) Como se deve pregar o evangelho (v.17b).
®   A mensagem procede de Deus.
®   O método é falar em Cristo perante Deus.
®   A motivação é a sinceridade (Significa “examinar algo à luz do sol”).

5.     Realidade Inegociável (3.1-3).
Eles acusavam Paulo de ser um impostor. Paulo se defende nos versos 1 a 3. Os falsos apóstolos apresentavam cartas de apresentação; as cartas de apresentação de Paulo era a vida transformada de cada membro da igreja transformada pelo Evangelho.

a) A verdade escrita no coração é amais legível mensagem de Deus (v.2,3). A vida de cada crente é uma espécie de tradução do evangelho (p.70).

b) A verdade escrita no coração é amais duradoura mensagem de Deus (v.3). Escrita pelo Espírito Santo é algo espiritual e eterno e não como tinta comum, que é material e perecível.

c) A verdade escrita no coração é a mensagem mais convincente de Deus. (v.2). Uma vida transformada pelo Evangelho é um argumento irresistível, irrefutável e irrevogável a favor da verdade.

d) A verdade escrita no coração é a mensagem mais profunda de Deus (v.3). a Lei é um mandamento externo, mas a graça é um princípio interno. A Lei foi escrita fora de nós, mas a graça foi escrita em nós.

Aplicações:
   1.     Quem é suficiente para essas coisas? Ninguém é, toda a nossa suficiência vem de Deus (cap. 3.5).
   
   2.     Toda a vida cristã é centralizada na nossa relação com Cristo e a partir de Cristo. 


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...