O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Projetos 2018



Projetos 2018.

Queridos irmãos.
O Conselho da igreja tem procurado conduzir a nossa igreja de forma bíblica, segura e piedosa. Deus tem abençoado a igreja com crescimento e isso nos alegra muito. Todavia, não podemos deixar de perceber que o crescimento saudável não virá sem que algumas medidas pastorais e pessoais sejam tomadas por nós.
Alguns projetos precisam tomar forma e gosto entre nós esse ano.

1.     Cuidado pastoral da igreja (Hebreus 10.25).
Resolvemos que o conselho visitará todas as famílias da igreja em 2018. O objetivo é promover o conhecimento das famílias da igreja por parte da liderança e estimular a participação das famílias na comunhão fraterna da igreja. Hebreus 10.25 aponta o costume de não congregar como um pecado que precisamos cuidar. Os presbíteros docentes e regentes visitarão as famílias da igreja na semana do aniversário de cada membro, tanto não comungantes como comungantes; para conhecer, para orar, para estimular ao amor e às boas obras. Todas as visitas serão combinadas com antecedência com cada família.

2.     Compra de terreno para a sede definitiva da igreja (Sl 122.1).
Várias medidas econômicas foram tomadas no passado recente da igreja para investirmos e economizarmos a fim de adquirirmos um terreno apropriado para as necessidades do crescimento da igreja. Temos o imóvel no S. Goiânia Viva e uma poupança para a qual sempre provisionamos uma pequena parte da arrecadação. Acreditamos que o momento de dar o passo final para a compra de um terreno está chegando e o Conselho sempre manterá a igreja informada dos passos tomados de forma transparente e com lisura. A Assembleia de hoje visa prestação de contas e o lançamento de uma campanha de arrecadação de ofertas alçadas para alcançarmos esse fim.

3.     Participação comunitária e assiduidade (Sl 16.3).
São três elementos que demonstram publicamente a saúde espiritual de uma igreja local: A pregação, a vida de oração e a vida comunitária. Percebemos uma baixa frequência por parte de várias famílias da igreja durante 2017. Sabemos que algumas famílias vêm apenas para o culto matutino, outras só para a EBD e ainda outras, somente para o culto noturno de domingo. A presença cai bastante para as programações de meio de semana. Acreditamos que o envolvimento poderia ser melhor a fim de estimularmos a comunhão fraternal entre as famílias da igreja. Acreditamos que não é somente a correria do dia a dia, com suas implicações socioeconômicas, a responsável por esse fenômeno. Acreditamos que podemos escolher construir a vida social das famílias da igreja numa comunhão mais próxima, fazendo do núcleo de nossas amizades a comunhão das famílias da igreja (Sl 16.3). Por isso vamos realizar mais cafés da manhã, mais retiros e mais programações. Atenda ao chamado. Participe mais!
Com amor, Rev. Helio.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...