O Bom pastor e seus comentários

O Bom pastor e seus comentários

sábado, 11 de novembro de 2017

Atos 28 = Mudando de Parecer


®   Atos 28: Mudando de Parecer.

Os bárbaros viram Paulo ser picado por uma víbora, e, de forma determinista, disseram: “Salvo do mar, a justiça não o deixa viver”. Os judeus ouviram Paulo e inicialmente disseram: “Nada ouvimos de mal a seu respeito”. Os Bárbaros mudaram seu parecer tão logo o veneno da víbora não fizera qualquer efeito sobre Paulo, e, mais uma vez, a porta se abriu à proclamação do evangelho na ilha de Malta.

Quanto aos judeus, a divisão se instalou entre eles como por toda parte onde Paulo tinha passado pregando a Cristo e sua ressurreição. Recado eloquente das Escrituras a respeito daqueles que são movidos pela incredulidade e pela presunção, mas não mais pela fé. A incredulidade pode azedar o coração e os sentimentos e não mais inspirar, mas matar a fé. O que sobra é aparência, formalismo, partidarismo e confusão.

Os pareceres das pessoas mudarão onde a graça for dispensada, mas isso é algo que nós não controlamos, pois somente a soberania divina governa sobre tudo e tem acesso aos corações das pessoas. Cabe a nós aproveitar oportunidades abertas e criar oportunidades que Deus administrará conforme o seu preceito.

Nós devemos pregar com intrepidez, vencendo nossos medos, confusões, hesitações e obstáculos. Devemos aproveitar as oportunidades para ensinar as coisas referentes ao Senhor Jesus Cristo (v.31). Devemos seguir nossa vocação, confiantes de que o Senhor estará de fato conosco todos os dias e em todos os lugares onde tivermos que ir ou chegar. Precisamos ter consciência de que ele conduz a nossa história dentro da grande história secular e redentiva.

Precisamos nos dispor a mudar nosso parecer a fim de ajustá-lo ao evangelho e nunca para tomarmos o caminho errado da discussão, da confusão ou da dissensão. Precisamos e carecemos de estar em sintonia com a direção que Deus, o Espírito Santo soprar, deixando-nos conduzir confiantemente por ele.

Conclusão:
          Durante esse ano lemos o texto de Atos devocionalmente, pensando na perspectiva global abrangente de Lucas a partir de Atos 1.8, mas procurando ler o texto para nós mesmos e para o nosso ministério pessoal dentro do corpo de Cristo, a Igreja. É sempre bom olharmos o texto de forma panorâmica, a fim de não nos perdermos do fio que guia a história, por isso, assim como colocamos títulos em cada meditação, precisamos colocar títulos em nossas decisões espirituais que determinarão nossa caminhada cristã. Mas, devemos nos lembrar, que devemos ser guiados o tempo todo pelo Espírito e pela Sua Palavra; nunca confusos, nunca contraditórios, nunca incoerentes.

          Ainda que já tenhamos lido Atos mais de vinte e cinco vezes, é sempre bom e proveitoso reler as Escrituras e nelas meditar para o nosso próprio crescimento espiritual, enriquecimento da fé e revitalização do nosso amor.

Procure reler essas 28 pastorais conferindo com as escrituras para ver se de fato as coisas são mesmo assim e assuma posições de crescimento intencional na sua vida cristã. Engaje-se, participe, caminhe nessa graça fiel, caminhe para frente sem retroceder, sem esmorecer e não desista, pois, o prêmio da soberana vocação está à frente, preparado para os que perseveraram até o fim. Amém! 

Com amor, Pr. Hélio.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...